Ataque hacker em emissora de televisão reforça a importância da cibersegurança e proteção de dados

A cibersegurança tornou-se item indispensável para as empresas que visam impedir a invasão e roubo de dados capazes de comprometer o funcionamento e o posicionamento estratégico dos seus negócios.

O que é um ataque hacker?

Ataques na internet são as tentativas de criminosos, conhecidos como hackers, de danificar ou destruir uma rede de sistemas. Essas violações podem fazer com que dados sigilosos sejam roubados ou expostos, podendo causar o roubo de identidade e extorsão do titular dos dados.

Na manhã do último sábado (08/10) a Record TV foi vítima de um ataque hacker do tipo ransomware, também conhecido como sequestro de dados, que afetou os arquivos, dados, sistemas e informações da emissora. Conforme as últimas informações prestadas, o incidente afetou principalmente a rede intranet, onde comumente são armazenados diversos dados de funcionários, parceiros de negócios e fornecedores, além de informações sigilosas.

Ransomware, o vírus responsável pelo ataque hacker na Record TV

O ransomware representa uma ameaça para as empresas. Mas, o que torna essa forma de malware tão especial?

A palavra “ransom” que dizer resgate. Desta forma, ransomware é um software de extorsão que pode bloquear o seu computador e depois exigir um resgate para desbloqueá-lo.

A fim de liberar todos os arquivos e sistemas sequestrados, os cibercriminosos estão exigindo o pagamento de um resgate de no mínimo US$ 5 milhões, que convertido em real equipara-se a quantia de R$ 25 milhões, os quais deverão ser pagos através de Bitcoin ou Monero.

 

Em caso de recusa em realizar no prazo estipulado, os hackers prometem que os ataques contra a infraestrutura tecnológica da emissora não irão parar, e ainda, que as informações serão comercializadas na dark web e os dados pessoais serão divulgados na internet.

Ataques como este se mostram cada vez mais frequentes e já atingiram outras grandes empresas, tal como a JBS, que em decorrência da invasão aos sistemas das fábricas norte-americanas, pagou US$ 11 milhões a hackers, a fim de evitar o vazamento do conteúdo sequestrado, o que poderia prejudicar de forma drástica os seus negócios.

A importância da cibersegurança para as empresas

A cibersegurança é uma prática que visa proteger computadores e servidores, dispositivos móveis, sistemas eletrônicos, redes e dados contra os ataques maliciosos.

O objetivo da cibersegurança é prevenir, identificar precocemente e eliminar rapidamente vulnerabilidades que possam prejudicar a infraestrutura tecnológica da empresa e a segurança dos dados digitais.

Um ponto positivo, é que estes ataques podem ser prevenidos através da adoção de um sistema eficiente de cibersegurança, e os danos causados podem ser menores se houver a efetiva aplicação das diretrizes oferecidas pela Lei Geral de Proteção de Dados “LGPD”.

Fontes:

https://www.tecmundo.com.br/seguranca/252535-record-hackers-cobram-resgate-milionario-prometem-ataques.htm

https://www.terra.com.br/byte/ataque-hacker-na-record-entenda-como-funciona-o-sequestro-de-dados,78ad6252bf06d2de3af5782a49f9ab39vltnazzu.html

https://www.metropoles.com/colunas/leo-dias/urgente-record-sofre-ataque-hacker-e-interrompe-programacao-ao-vivo?1

Para saber mais a respeito de medidas de prevenção, entre em contato conosco.

O escritório Maluf Geraigire Advogados  assessora juridicamente empresas de todos os portes e segmentos nas mais diversas demandas, inclusive na implementação da LGPD.

Entre em contato conosco e agende uma reunião.

Renata Cattini Maluf é sócia no escritório Maluf Geraigire Advogados.

Diplomada bacharel em Direito – PUC/SP
Pós-graduada em Direito Empresarial (“lato sensu”) – PUC/SP
Mestre em Direito Civil – PUC/SP
Membro da Ordem dos Advogados do Brasil e da Associação dos Advogados de São Paulo. Diretora Presidente da Fundação Julita no período de 2010 a 2015.
Membro do Conselho Curador da Fundação Julita.
Vice-Presidente do Conselho Deliberativo da Associação Paulista de Fundações – APF.
Membro do Quadro de Associados do Hospital do Coração – HCor.
Autora dos artigos “Contratação dos artistas, técnicos em espetáculos de diversões, músicos e outros”, integrante do livro Manual do Direito do Entretenimento. Guia de Produção Cultural, São Paulo, Editora Senac, 2.009 e “Relações de consumo no comércio eletrônico do entretenimento”, integrante do livro Direito do Entretenimento na Internet, São Paulo, Editora Saraiva, 2.014.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.